domingo, 11 de janeiro de 2009

E, com rixa, gritou: só porque sou negro? - Uma versão fortalezense do politicamente correto


[s/i/c]



Casa de Shows, Fortaleza


Um amigo, saxofonista

E esperto, numa longa

Fila a perder de vista,

Cansou da delonga.

E, com rixa, gritou:

-Só porque sou negro?

O gerente logo solicitou,

Com um ar íntegro,

Que pusessem a seu dispor

Um dos camarotes VIPs,

Um autógrafo do cantor,

Uísque e acepipes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário